Há exatos 20 anos, a primeira turma de formandos recebia na FTSA (na época ainda Seminário Teológico Sul Americano) o tão esperado certificado de conclusão do curso de Teologia. Para relembrar isso, a FTSA recebeu alguns dos graduados no último dia 17.

 

Ao completar 23 anos de existência, a Faculdade Teológica Sul Americana celebra também 20 anos da primeira formatura realizada em 1997. E para relembrar o início de tudo, a instituição convidou os protagonistas desta história para um momento especial. O reencontro aconteceu no dia 17 de fevereiro no campus da FTSA.

Clarice, Calvino, Beatriz, Lia, Vicente, Wagner, Susy e Marco Aurélio são alguns dos representantes desta turma ícone que marcou a instituição com sua união, espírito missionário e comprometimento com o reino de Deus. Eles foram recebidos pelos diretores e equipe do Projeto Graduados para um delicioso café da manhã.

Na ocasião, o professor Silvério trouxe notícias do restante da turma, especialmente daqueles que muito distante não puderam comparecer. A curiosidade era grande; 20 anos depois como estariam aqueles jovens? Alguns se tornaram pastores, professores, constituíram famílias, mas, não se esqueceram daquele importante começo no então Seminário Teológico Sul Americano. O sentimento geral era de gratidão.

“Nós queremos agradecer a todos vocês que não desistiram de nós, não desistiram da instituição. Assim como vocês, nós também estávamos começando e descobrindo nossa vocação para ensinar e servir ao reino de Deus. Tudo era novidade. Um sonho, alguns poucos livros, um armário para começar...”, disse o diretor geral e fundador da FTSA, Antonio Carlos Barro.

O graduado Marco Aurélio, hoje pastor presbiteriano em Assis-SP, relembrou as dificuldades financeiras (que não era exclusividade só dele) e de como a instituição o ajudou a perseverar. “Sair de Apucarana no final da tarde, depois de um longo dia de trabalho cansativo, muitas vezes sem dinheiro, para assistir as aulas, não era fácil. Mas, o apoio dos professores e diretores foi fundamental para não desistir do curso”, declarou.

Pr.Jairton Mello, presidente da Sepal e voluntário na FTSA junto aos graduados, declarou que o encontro foi um verdadeiro “resgate da história”, onde cada um trouxe um pouco das lembranças vividas durante o curso. “Uma escola interdenominacional abre fronteiras e é isso que vemos aqui hoje. Vocês tem nas mãos um diploma cobiçado. Por onde passo se vê a referência que a FTSA se tornou dentro e fora do Brasil. Vocês marcaram o início e podem se alegrar por terem ajudado a construir isso”, falou aos graduados.

A Turma de 1997 participou também de um almoço de confraternização no Restaurante Frutal do Campo e das atividades do Culto de Abertura que marcou o ano letivo na faculdade, na sexta à noite. Pr. Marco Aurélio trouxe uma mensagem recheada de experiências adquiridas nestes 20 anos de graduação para motivar os novos estudantes de teologia.